iPhone X: será este o smartphone Apple que marcará uma geração?

iPhone X: será este o smartphone Apple que marcará uma geração?

A Apple apresentou finalmente o smartphone comemorativo dos dez anos de existência do iPhone: o iPhone X. E este é um terminal móvel que promete revolucionar e marcar a evolução da tecnologia para a próxima década, pelas palavras da marca. Será este o smartphone Apple que marcará uma geração? Houve ainda muitas outras novidades em anúncio, entre elas os novos iPhone 8 e 8 Plus, bem como o Apple Watch Series 3 e uma versão da Apple TV preparada para a reprodução de conteúdos 4K.

Muitas têm sido as críticas quanto ao factor “originalidade” das novas tecnologias apresentadas neste iPhone, dado que muitas delas são já realidade há algum tempo em equipamentos de marcas concorrentes. Contudo, o iPhone X não deixa de ser um portento no mundo tech e novamente um intenso objeto de desejo, que lhe daremos a conhecer em pormenor num grande especial na próxima edição da Revista Gadget, nas bancas dentro de dias. Conte também com todos as informações relativas às restantes novidades desvendadas na apresentação da Apple de dia 12 de setembro!

Era grande a expectativa em torno do iPhone X, tanto por ser um marco na história da Apple, como pelos rumores e informações “filtradas” para a Web. E o Face ID talvez seja a verdadeira novidade neste smartphone. Com o desaparecimento do botão “Home”, o reconhecimento facial é agora a “password” para desbloquear o iPhone, recorrendo à câmara frontal TrueDepth para analisar 30 mil pontos do seu rosto e criar assim um mapa personalizado.

O vidro – “o mais resistente de sempre num smartphone”, assegura a Apple – é um dos grandes protagonistas deste modelo, já que cobre a grande totalidade do iPhone, com o ecrã Super Retina de 5,8 polegadas a “brilhar” na parte frontal. Este conta ainda com a função True Tone, que ajusta automaticamente o equilíbrio de brancos às condições de iluminação do ambiente, diz a Apple.

Outra das particularidades é a complexidade do sistema de câmara TrueDepth. Este inclui câmaras (uma de 7 MP e outra de infra-vermelhos) e sensores (luz ambiente, proximidade…) avançados que lhe permitem captar imagens de aspeto profissional e que potenciam o uso dos Animojis, uma nova e divertida forma de comunicar com os seus contactos. Por outro lado, o iPhone X conta com duas câmaras traseiras grande-angular e com teleobjetiva de 12 MP cada, que oferecem ainda zoom ótico e digital (10x para fotos e 6x para vídeos).

O grande “cérebro” por detrás do funcionamento deste smartphone é o processador A11 Bionic de seis núcleos, que promete executar 600 mil milhões de operações por segundo graças à tecnologia Neural Engine, auxiliado por uma nova GPU de três núcleos – “até 30% mais rápida do que anterior”, diz a marca.

Outra inovação passa pelo carregamento da bateria, agora totalmente sem fios, recorrendo a indução Qi. E em 2018 será lançado a estação de carregamento wireless AirPower, que fornecerá energia não só ao iPhone como a muitos outros equipamentos Apple (Watch, AirPods, entre outros). Mas o sistema é compatível com qualquer outra base Qi, em teoria.

Poderá reservar o seu iPhone X no site da Apple a partir do dia 27 de outubro. O lançamento está previsto para o dia 3 de novembro, com preços de 1.179 euros para a versão de 64 GB e de 1.359 euros na de 256 GB, nas cores Prateado ou Cinzento Sideral.

iPhone 8 e 8 Plus e Apple Watch Series 3

Nesta apresentação, a Apple anunciou também o lançamento dos smartphones 8 e 8 Plus. No global, não se diferenciam muito dos modelos 7 e 7 Plus. As maiores inovações residem no processador A11 Bionic de 64 bits com Neural Engine, nas câmaras (gravação de vídeo 4K a 60 fps, modo de câmara lenta em Full HD até 240 fps e modo Retrato do iPhone 8 Plus), na função True Tone do ecrã e no novo método de carregamento da bateria por indução. 

Quanto ao Apple Watch Series 3, o maior destaque vai para a inclusão de suporte 4G/LTE, obtido diretamente do cartão SIM do iPhone associado. Esta função, denominada de SIM virtual, permite fazer chamadas diretamente a partir do relógio e explorar a banda larga móvel do smartphone para completar diversas tarefas em qualquer lugar que se encontre.

O iPhone 8/8 Plus estará disponível para pré-reserva a partir do dia 15 de setembro, com disponibilidade no mercado a 22 do mesmo mês. Ambos os modelos oferecem as mesmas capacidades (64 ou 256 GB) e cores (Cinzento Sideral, Prateado ou Dourado). Os preços vão desde 829 euros no iPhone 8 e desde 939 euros no 8 Plus.

Por sua vez, os preços do Apple Watch Series 3 começam nos 379 euros para o modelo base (38 mm).

Enquanto aguarda pela chegada da nova edição da Gadget, aproveite para ler a revista que se encontra nas bancas! Nela poderá encontrar:

  • Gadgets para a geração millennial
  • Os melhores smartphones “fotográficos” até 450 euros
  • As melhores actioncams do momento
  • Televisores 4K para orçamentos até 1.000 euros!
  • Wearables especiais para desporto
  • Gadgets movidos a luz solar

Artigos relacionados

JETech H0780

Reduz o ruído externo Quando não é utilizado, entra num modo de hibernação no qual pode ficar até 14 dias, o tempo que aguenta a bateria em espera. Em conversação

Primeira câmara Wi-Fi para videovigilância lançada pela D-Link

A D-Link anunciou o lançamento da primeira câmara Wi-Fi que permite uma visão real de 180º para monitorizar grandes áreas.

Sennheiser EZX 70

9 gramas de peso Quando é utilizado juntamente com um iPhone, o indicador da bateria é mostrado no ecrã do smartphone sem ter de configurar qualquer opção. Para os restantes