Microsoft Surface Laptop e Pro: todos os segredos!

Microsoft Surface Laptop e Pro: todos os segredos!

O Microsoft Surface 4 é talvez a “peça” de hardware entre o portfólio da marca que mais garantias dá a profissionais em movimento, e a estudantes, quando a ideia é conseguir ter um “híbrido” com ecrã tátil pronto para tudo e com uma autonomia acima da média. Agora a Microsoft faz ainda melhor: coloca à venda hoje, 15 de junho, os novos Surface Pro e Surface Laptop.

A apresentação oficial teve lugar no Chiado, em Lisboa, no passado dia 8 de junho, conforme pode conferir através do vídeo abaixo e das respetivas imagens. A Gadget esteve presente, como não poderia deixar de ser, e tivemos oportunidade de testemunhar em primeira mão as capacidades destas novas máquinas da Microsoft, sendo que o design e a autonomia voltam a estar no centro das atenções em ambos os equipamentos. Na revista Gadget #95 (nas bancas a 22 de junho) pode ficar a conhecer mais pormenores sobre este evento promovido pela Microsoft na capital portuguesa, com muito calor e sol à mistura…

Mas vamos ao que mais interessa, começando pela novidade absoluta, o novo Surface Laptop. Com 1,2 kg e uma moldura bastante fina, o destaque recai sobre o ecrã de 13,5 polegadas (2.256 x 1.504 píxeis) que responde ao toque de forma fantástica. Quanto aos componentes no interior, existem várias configurações, conforme é possível verificar no site oficial da Microsoft.

A versão mais acessível custa 1.169 euros e inclui um processador Intel Core i5, juntamente com um disco SSD de 128 GB, 4 GB de memória RAM e gráfica integrada Intel HD 620. Na outra “ponta” da gama, a troco de 2.549 euros, o Surface Pro integra processador Intel Core i7, gráfica Intel Iris Plus 640, 16 GB de memória RAM e um disco SSD de 512 GB.

A autonomia anunciada é de 14,5 horas, testada pela Microsoft em tarefas de reprodução de vídeo. Podemos ainda contar com webcam 720p, som Dolby Audio Premium e teclado revestido a Alcantara, entre outros pormenores.

O Pro ficou ainda melhor?

A marca garante que sim, até porque a autonomia cresceu 50% face ao antecessor Surface Pro 4. Encontra todos os detalhes na revista Gadget 95, como já referimos, mas podemos avançar que se trata da melhoria de um “híbrido” que já de si era bastante bom e competente, por assim dizer.

Com 292,1 x 201,42 x 8,5 mm e 766 gramas, o Surface Pro tem um ecrã tátilde 12,3 polegadas (2.736 x 1.824 píxeis) de que funciona ainda melhor com a ajuda da Surface Pen, agora renovada e mais sensível. A autonomia subiu para 13,5 horas, garante a Microsoft, sendo que também aqui o som Dolby Audio Premium é uma mais-valia, junto com uma webcam Full HD de 5 MP.

São seis as configurações disponíveis, com preços a partir de 959 euros. Esta versão mais barata inclui um processador Intel Core m3, 4 GB de memória RAM e disco SSD de 128 GB. Já a configuração mais dispendiosa – com um preço de 3.149 euros! – tem um disco SSD de 1 TB, CPU Intel Core i7 e 16 GB de memória RAM.

E o Windows S?

É uma “configuração do Windows 10 Pro”, referem os responsáveis da marca, sendo que está presente de origem no Surface Laptop. “O Windows 10 S está otimizado em termos de segurança e desempenho, funcionando exclusivamente com aplicações da Loja Windows”, diz a Microsoft. E a qualquer momento podemos passar do Windows 10 S para o Pro, sem problemas.

 

Os novos Surface Pro e Laptop são dois dos gadgets que estão em destaque na edição #95 da revista Gadget. Mas temos outros gadgets de topo que abrem a revista da melhor forma. Reserve já o seu exemplar da Gadget antes que esgote!

Artigos relacionados

i-Companion: como usar uma app móvel para controlar um robô de cozinha

A Cuisine Companion, robot multifunções da Moulinex que permite preparar refeições completas, apresentou uma nova versão conectável através de Bluetooth.

KENWOOD KDC-BT45

Integra a aplicação Aha Radio, que organiza o conteúdo de Internet em emissoras de rádio personalizadas, em direto ou em demand, a partir de um único painel de controlo. Inclui

Denon CEOL N9

Funções NAS Foi criado para reproduzir áudio em alta-fidelidade procedente de praticamente qualquer fonte digital e, graças à sua ligação LAD, é compatível com serviços de música em streaming como